Diary of the Covid | Rotinas par além de “dinâmicas “ e “ flexíveis”





Faz 5 semanas que estamos em casa.
Entre 3 rapazes e um cão tem sido no mínimo muito dinâmico e volátil. Não me importo de estar em casa, aliás gosto muito e dado a questões de saúde, aguento bem estar só em casa, dias e semanas a fio. Mas desta vez é difícil, “mãe” repetido até à exaustão, escada acima escada abaixo, o desfralde do Francisco e praticamente o da cadela, a chuva e a cadela, as guerras e bolas contra a parede, os gritos 24h, que já nem sei porquê ou de quem. A eterna cozinha, que nós fecha lá sem podermos sair - mas porquê é que eles querem comer duas (10x) vezes ao dia?? - as migalhas que se multiplicam e a roupa que nasce que nem cogumelos.

Escada acima - para de gritar! - escada abaixo - sai de cima do teu irmão, ou do cão, tanto faz. Temos as 4 estação dentro das 4 paredes, e já tive o vírus, anteontem, hoje. Aliás hoje já tive umas 5 vezes. Eles também, mal um espirra o meu coração fica em transe. Máquinas de roupa? Ahh! Estou pro e até já as faço logo ao pequeno-almoço. Entro na cozinha, as compras de ontem já desapareceram, atacam agora iogurtes e pães como se o mundo fosse acabar amanhã.

Já não sei o dia em que estamos, e confundo-me na hora, almoço e jantar, nos lanches e mais lanches, na cozinha la estou eu, decidi não ver as notícias. Escada acima - a cadela está toda enlameada, outra vez-, escada abaixo - olhem as meias! Lavem os dentes. Entro na lavandaria. Vou tendo ajudas, abençoadas sejam, que trazem consigo doses de ar fresco, mas a cabeça mantém- se cansada, E vai havendo também momentos de surpresas espontâneas, amigos que passam de carro e atiram beijos ao ar, miúdos serenos e tranquilos, facetime com os nossos, que estou tão perto e ao mesmo tempo tão longe, uma sesta ao sol, abraços longos.

Cabeça  cansada, é o que é. Cabeça cansa

Comentários

Siga-nos por aqui | Instagram