Diary of the Covid | (Re) Conectar



Em casa há 7-8 semanas, e começa-se a sentir falta do contacto humano, das relações que existem ao telefone mas pedem o contacto físico e visual, o toque, o ver sem ser através de um ecrã, de uma janela, o ver ao perto, bem pertinho, tão pertinho que sentimos o cheiro.
Porque também faz falta o cheiro, o perfume de cada um, tão subtil e que demos por garantido tanto tempo, é agora, desejado e distante. 
Ouvir, os sons mundanos do dia a dia, o som da voz verdadeira, sem interferências nem quebras de rede daqueles que estão perto mas tão longe. As gargalhadas e risos puros, o som do respirar, do andar, dos tiques, do mexer do corpo e das mãos. 
Precisamos de reactivar os 5 sentidos e conectá-los com o nossos que estão do outro lado, alimentar o paladar com gargalhadas e aromas, com suavidade no toque e ver ao perto, porque os daqui sentem a falta do que estão ali.

Comentários

Siga-nos por aqui | Instagram